Quando o algodão da Paraíba encontra o Ceará

Vem aí nossa primeira coleção feita com Algodão Orgânico da Paraíba, em parceria com a Natural Cotton Color.

Há alguns meses, estamos trabalhando em uma coleção muito especial, que na próxima quinta-feira (11), será lançada pro mundo. E a gente não vê a hora de compartilhar tudo isso com vocês!

Até lá, vamos contar um pouco mais sobre o que (e quem) está por trás dessa nova criação da Catarina Mina, do processo de desenvolvimento e, principalmente, falar mais sobre a matéria prima escolhida: O ALGODÃO!

A Cultura do Algodão

“Quando você pensa nessa matéria prima, qual a primeira coisa que vem à cabeça?”

Arriscamos dizer que, pelo fato de ser uma fibra natural, biodegradável, durável e que proporciona conforto para o nosso corpo, algumas das respostas podem ser: naturalambientalmente corretoleve e sustentável, adivinhamos? Porém, hoje queremos conversar para discutir que nem sempre o algodão é sinônimo de sustentabilidade. 

Segundo dados do Rio Ethical Fashion, o algodão é a quarta cultura que mais utiliza agrotóxicos no Brasil, o que gera graves danos ao meio ambiente e aos trabalhadores rurais, sendo responsável por aproximadamente 10% do volume total de pesticidas utilizado no país, de acordo com o portal Modefica.

Foto: Reprodução/TV Mirante

Entender a cadeia de moda e o que está por trás do que vestimos é fundamental para a escolha de alternativas que geram menor impacto – para as pessoas e para o planeta!

Atualmente existem caminhos mais sustentáveis. Dentre eles, o algodão reciclado (que já falamos um pouquinho dele por aqui) e o algodão orgânico, grande protagonista dessa nossa nova história com a Natural Cotton Color (NCC).

Nesse caso, mais especificamente o “Algodão Orgânico Colorido da Paraíba”, produzido pela NCC.

A cultura do algodão orgânico é livre de agrotóxicos e pesticidas, protegendo o meio ambiente e a saúde do trabalhador, o elo mais importante de toda a cadeia produtiva. Afinal, pensar sustentabilidade é não dissociar o ser humano do meio ambiente, integrando, por meio de uma visão sistêmica, as pessoas à natureza.

Fotos: Natural Cotton Color

Por ter uma coloração natural, esse algodão também não necessita de nenhum tipo de tingimento químico, o que reduz 87,5% da água que seria consumida em um processo convencional de produção de malha ou tecido.

Além de todos os benefícios ao meio ambiente, a NCC tem um compromisso com toda a cadeia produtiva, movendo importantes iniciativas como ‘o contrato de compra garantida’ por pequenos produtores em assentamentos rurais e comunidades tradicionais (quilombolas) e a concentração do processo e da renda na Paraíba, fazendo com que todos prosperem juntos e reduzindo significativamente a pegada de carbono – já que toda a sua produção fica em um raio de 120km.

Francisca Vieira

Como marca, temos uma relação de admiração profunda pela história da Natural Cotton Color e da sua fundadora, Francisca Vieira, que há mais de 20 anos tem promovido, por meio da moda, o debate sobre direito à terra e o valor do fazer artesanal em nossa sociedade.

Francisca é uma referência no desenvolvimento de uma moda brasileira mais ética e mais responsável – e uma grande fonte de inspiração para nós.
 

Celebramos o entrelaçar desses caminhos, que apontam para valores tão importantes para todas nós: o fortalecimento de marcas nordestinas, lideradas por mulheres, e que acreditam em uma moda mais sustentável, pautada na transparência, no respeito pela terra e no trabalho decente.

Te convidamos para também ser parte desse encontro, que tem no cuidado o seu ponto de partida. 

Seguimos juntas, Francisca e NCC!

11.08.22
Vem aí coleção Comfy Catarina Mina

Para mais conteúdos exclusivos sobre a nova coleção e sobre a Catarina Mina é só clicar aqui:

NEWSLETTER CATARINA MINA


MARCA NA AGENDA <3

Leave a Reply